sexta-feira, 31 de março de 2017

Um pequeno edifício de interesse de preservação na XV

Um pequeno edifício de interesse de preservação na XV

Um pequeno edifício de interesse de preservação na XV

Este pequeno edifício na Rua XV de Novembro, 232 é outra das Unidades de Interesse de Preservação da rua.
Em estilo eclético, é bem bonito e tem na lateral que dá vista da Avenida Marechal Floriano Peixoto um mural pintado de Poty Lazzarotto.
Como outras UIP na XV esse também parece estar com os andares superiores desocupados e, também como outros, está com o andar térreo descaracterizado. Metade da fachada do térreo está em estilo modernoso.

Publicação relacionada:
Uma grande pintura de um desenho de Poty Lazzarotto

quinta-feira, 30 de março de 2017

Casa Nelson Imthon Bueno

Casa Nelson Imthon Bueno

Esta casa modernista na Rua Itupava é considerada uma Unidade de Interesse de Preservação.
Projetada pelo arquiteto Gerhard Leo Linzmeyer, foi construída em 1958.
Ela não constava na lista original do Decreto 1547, de 14 de dezembro de 1979, que criou as UIP, entrou em algum momento depois disso. Mesmo bem descaracterizada, pelo menos externamente, continua constando na última relação divulgada de Unidades de Interesse de Preservação.
No local funciona atualmente um restaurante.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Os lampiões a óleo de peixe

Os lampiões a óleo de peixe

Os lampiões a óleo de peixe

Em muitas casas e prédios antigos (principalmente no centro histórico) encontramos luminárias como estas. São reproduções das primeiras luminárias públicas utilizadas na cidade.
Em abril de 1850 foram instalados 17 lampiões alimentados a óleo de peixe, que haviam sido encomendados no Rio de Janeiro.

Não sei dizer se existe algum original ainda. Caso exista, provavelmente está em algum museu.

Referência:

terça-feira, 28 de março de 2017

Arma em Nó

Arma em Nó

Arma em Nó

Esta escultura está exposta nos jardins do Museu Paranaense. A placa na base tem a seguinte inscrição:

“projeto
não-violência

LIÇÃO DE PAZ NAS ESCOLAS

A “Arma em Nó” é o símbolo do Projeto Não Violência.
A escultura foi criada pelo artista sueco Carl Frederik Reuterswärd em 1980 em memória
a Jihn Lennon e doada à viúva Yoko Ono, que por sua vez doou às Nações Unidas.
Atualmente está em exposição permanente nos jardins da ONU em Nova York.

Réplicas estão expostas em Curitiba (Brasil), Stockolm, Gothenburg, Malmoe (Suécia)
Lausanne (Suíça), Beijing (China), Londres (Reino Unido), Nova York, Miami, Los Angeles,
Honolulu, Washington (Estados Unidos), Berlim (Alemanha), Cidade do Cabo (àfica do Sul),
Moscou (Rússia), Caen (França), Madrid (Espanha),
representando o trabalho do Projeto Não Violências nestes países.

Conheça o Projeto Não Violência no Brasil

www.naoviolencia.org.br

segunda-feira, 27 de março de 2017

Uma casinha de madeira no Seminário

Uma casinha de madeira no Seminário

Uma casinha de madeira, com edifícios ao fundo.
É uma daquelas casas construídas no fundo do terreno onde, um dia, o proprietário construíra uma maior e melhor.

domingo, 26 de março de 2017

A antiga Casa Crystal

A antiga Casa Crystal

Anúncio de 1918 da Casa Crystal no
Almanaque Laemmert
Este predinho na Rua XV de Novembro, 444 foi a última sede da Casa Crystal.
A Wendler & Cia foi fundada em 1907 e tinha como sócios Eraldo Wendler, Theodor Schneider e Gusttavo Keil. Anteriormente a casa estava instalada em um outro endereço na mesma rua, em um local que até hoje não consegui localizar muito bem.

A Casa Crystal dedicava-se principalmente ao comércio de cristais e porcelanas, mas tinha também outros produtos, como talheres, louças, vidros, tapetes, ferragens, máquinas de costura, armas, vernizes e tintas.

A Casa Crystal fechou no início dos anos 1970 e o último endereço onde esteve instalada é uma Unidade de Interesse de Preservação.

sábado, 25 de março de 2017

sexta-feira, 24 de março de 2017

Relógio da Flores

Relógio da Flores

O Relógio das Flores está localizado na Praça Garibaldi, em frente a Sociedade Garibaldi.

Na placa no local está escrito o seguinte:

“RELÓGIO
DAS
FLORES

Presente dos
Joalheiros Rosemann à
cidade em 1972.
Funciona por telecomando.
As flores mudam conforme
as estações do ano.

Curitiba
1693 - 300 - 1993”

O comando dele está localizado na Igreja do Rosário e apesar de ser um mecanismo baseado em impulsos do quartzo, o que conferiria uma grande precisão, no dia que o fotografei estava parado.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Uma casa de madeira chamada “Vila América”

Uma casa de madeira chamada “Vila América”

Mais uma casa de madeira. Esta vez uma pintada de azul bem forte e localizada no Bacacheri.
Julgando pela plaquinha fixada no topo, o dono a batizou de “Vila América”. Atualmente está ocupada por um estabelecimento comercial

quarta-feira, 22 de março de 2017

Um casarão na Rua Kellers

Um casarão na Rua Kellers

Este casarão localizado na Rua Kellers, esquina com a Rua Doutor Muricy, é mais uma das Unidades de Interesse de Preservação localizadas no centro histórico de Curitiba.
Funciona no local um tradicional restaurante de comida árabe.

terça-feira, 21 de março de 2017

XV, 396

XV, 396

XV, 396

Este sobrado localizado na Rua XV de Novembro, 396 (tem também o número 398 no outro lado) é uma Unidade de Interesse de Preservação.
É mais um daqueles onde foram empregadas coluna metálicas na sua construção (repare nas colunas da porta no térreo).

segunda-feira, 20 de março de 2017

Detalhes em uma grade de ferro

Detalhes em uma grade de ferro

Detalhes em uma grade de ferro

As fotos de hoje são de alguns detalhes da grade em ferro na frente do Provincialato das Irmãs de São José de Chambérey.
Apliquei alguns efeitos nas fotos para aumentar o destaque da grade.
Nessas construções antigas, além do conjunto, vale prestar um pouco de atenção nos detalhes, nos acabamentos.

domingo, 19 de março de 2017

Uma canafístula na Praça Villa Lobos

Uma canafístula na Praça Villa Lobos

Esta canifístula (Peltophorum dubium) está na Praça Villa Lobos, no Jardim Social. Como pode ser observado na foto, produz uma sombra excelente. Este exemplar está na lista de Árvore Imune de Corte.

sábado, 18 de março de 2017

Um banco que já vem com companhia

Um banco que já vem com companhia

Sentindo-se meio solitário? Na Praça Garibaldi tem um banco que já vem com um acompanhante. Apesar de beber um pouco para mais (está sempre com um copo na mão), dizem que é um bom ouvinte.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Edifício da Gloria

Edifício da Gloria

O Edifício da Gloria, localizado na Travessa Nestor de Castro, é um conjunto de duas torres interligadas por uma base comum.
Foi projeto pelos arquitetos Luiz Forte Netto e José Maria Gandolfi e é de 1978.
As linhas dele são bem bonitas.

Referência:

quinta-feira, 16 de março de 2017

Casas Modernistas no Seminário

Casa Modernista no Seminário

Casa Modernista no Seminário

Quando participando da XXIV Caminhada Observacional uma das pessoas que guiava o grupo comentou ao chegar em frente a essas casas de que no Brasil o modernismo foi amplamente adotado pela classe média e que esse seria um fenômeno bem brasileiro, uma vez que no resto do mundo o modernismo foi mais utilizado em grandes construções.
Fica complicado comprovar isso, mas que a classe média brasileira encampou de forma significativa a arquitetura modernista não tenho dúvidas.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Ébano Pereira, 269

Ébano Pereira, 269

Ébano Pereira, 269

Ébano Pereira, 269

Esta casa na Rua Ébano Pereira – esquina com a Rua Saldanha Marinho – é uma Unidade de Interesse de Preservação.
Desconfio que a platibanda não é original. O pessoal costumava enfeitar um pouco mais na época. De qualquer maneira, a casa é bem bonita e esta com a fachada bem conservada. Repare nos enfeites na parte superior das janelas.
Atualmente a casa é ocupada por um bar.

terça-feira, 14 de março de 2017

Outra casa de madeira no Cristo Rei

Outra casa de madeira no Cristo Rei

Continuando com as fotos de casas de madeira, mais uma delas, desta vez uma no bairro Cristo Rei.
Um outra coisa que tem chamado a minha atenção desde que iniciei este projeto é a quantidade de variações no desenho desses muros pré-fabricados. Nunca tinha reparado antes, mas tem uma variação bem grande, alguns deles bem interessantes. Esse tem uma espécie de colunas e vigas trançadas.

segunda-feira, 13 de março de 2017

A Serra do Mar e as nuvens


A Serra do Mar e as nuvens

A Serra do Mar e as nuvens

Sempre que estou em algum ponto da cidade em que é possível avistar a Serra do Mar gosto de ficar observando-a por um tempo.
No final da tarde é bem comum que venham nuvens do litoral que a cobrem totalmente. Algumas vezes essas nuvens parecem vir na forma de uma cama relativamente fina, como uma espécie de manto que passa pelas partes mais altas e vêm contornando os morros.

domingo, 12 de março de 2017

Casa Strobel

Casa Strobel

Casa Strobel

Casa Strobel

Casa Strobel

Casa Strobel, construída em 1930 por Rodolpho Strobel, está localizada no Largo Coronel Enéas. Como muitas casa da região central, o andar térreo era destinado ao comércio (material de construção) e o andar superior a residência da família.

Atualmente a casa, que é uma Unidade de Interesse de Preservação, é ocupada por um bar e um restaurante no térreo e por um hostel na parte superior.

Os primeiros Strobel na cidade


Cristian August Strobel (com 39 anos) e sua esposa Christine Friedericke Herold (com 29 anos) chegaram em São Francisco do Sul em 11 de novembro de 1854, vindos da Alemanha fugidos por questões políticas em função da revolução de 1848. Vieram juntos três filhos pequenos, Emilie Bertha (7 anos), Gustav Hermann (5 anos) e Emil Robert (1 ano). No mesmo barco estava um grupo de mais de trinta pessoas da cidade de Glauchau, de onde eram.
Já no ano seguinte ao da chegada, 1855, a família mudou para Curitiba. O casal Cristian August e Christine teve mais três filhas nascidas em Curitiba, Maria (nascida em 1855), Fanni (1858) e Anna Luisa (1861).

Cristian August e seu filho Gustav Robert eram excelente carpinteiros e participaram da construção, entre outras,  da Santa Casa, da Farmácia Stellfeld e da Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz do Pinhais.

Referências:

sábado, 11 de março de 2017

Luminárias art nouveau na Praça Garibaldi

Luminárias art nouveau na Praça Garibaldi

Luminárias art nouveau na Praça Garibaldi

Estas luminárias em estilo art nouveau estão instaladas na Praça Garibaldi. Se não estou enganado, são seis delas. As duas que aparecem na foto, duas junto ao Relógio da Flores e mais duas em frente ao Palácio Garibaldi.
Elas são réplicas e já li críticas a respeito. As pessoas alegam que no local nunca existiu luminária semelhante, que não são originais. Estou desconfiado que se tivessem instalado luminárias super modernas essas mesmas pessoas reclamariam também. Tem gente que só reclama. Gosto delas. São bonitas.

sexta-feira, 10 de março de 2017

Antigo Theatro Hauer

Antigo Theatro Hauer em Curitiba

Localizado na Rua Mateus Leme, esquina com a Rua Treze de Maio, o prédio do antigo Teatro Hauer é uma Unidade de Interesse de Preservação.

O prédio foi construído em 1889 por Joseph Hauer, imigrante alemão. Em 1891 começa a funcionar como teatro, com a apresentação da Companhia Dramática Alemã. O Hauer foi o segundo teatro da cidade.
O primeiro foi o Theatro São Theodoro, localizado na Rua Doutor Muricy e que foi inaugurado em 28 de setembro de 1884. Em 1894, com a chegada da Revolução Federalista, as atividades são interrompidas. Após a expulsão dos federalistas que haviam ocupado a cidade, as instalações do Theatro São Theodoro foram utilizadas como prisão política. Mesmo com o término das ações de repreensão o teatro permaneceu fechado. Só em 3 de novembro de 1900, depois de passar por reformas, o teatro foi reinaugurado, com o nome de Theatro Guayra.

O Teatro Hauer era um centro de atividades onde companhias artísticas, da cidade e de fora, faziam apresentações e onde eram realizados banquetes, reuniões e bailes.

Antes de haver casas destinadas ao teatro, e mesmo durante a existência delas, muitas peças eram apresentadas em clubes e sociedades, principalmente naquelas ligadas a colônia alemã. Como era o caso das apresentações na Sociedade Thalia, que aliás, teve também o Sr. Joseh Hauer como um dos fundadores.

Em 1897 foi realizada a primeira apresentação pública cinematográfica da cidade nas instalações do Teatro Hauer.

Na década de 1930 o Teatro Hauer entrou em decadência e encerrou as atividades.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Casa João Turin

Casa João Turin

Esta casa na Rua Mateus Leme, 38 foi batizada de “Casa João Turin”. O nome é um homenagem ao escultor João Zanin Turin, nascido em Morretes em 21 de setembro de 1878 e falecido em Curitiba em 9 de julho de 1949.

O ateliê e a casa de João Turin eram na Avenida Sete de Setembro, esquina com a Rua Coronel Dulcídio. A casa tinha um decoração em estilo paranista, movimento do qual Turin foi um dos expoentes, mas foi demolida.

A casa mostrada na foto, até onde sei, não teve qualquer relação direta com Turin, a não ser, por ter abrigado um centro cultural, de exposições e obras do escultor. Esta casa, que pertence a Secretaria Estadual da Cultura (SEEC), abrigou durante 22 anos as matrizes das esculturas de João Turin. Em 2011 o acervo original e os direitos foram adquiridos dos herdeiros pelo Sr. Samuel Ferrari Lago.

A casa, como ambiente dedicado a obra de João Turin, fechou em julho de 2012. Não sei dizer se a SEEC deu uma nova destinação. Ultimamente só tenho passado por ela nos finais de semana e feriados e está sempre fechada, aparentemente sem uso.
A casa, que é bem bonita, é uma Unidade de Interesse de Preservação.

quarta-feira, 8 de março de 2017

1001

Casa localizada na Alameda Doutor Muricy, 1001.

Casa localizada na Alameda Doutor Muricy, 1001.
Repare nas águas-furtadas, que é uma solução para aproveitar o espaço abaixo do telhado.

terça-feira, 7 de março de 2017

Um prédio na frente da biblioteca

Um prédio na frente da biblioteca

Este predinho na esquina da Rua Cândido Lopes com a Rua Ébano Pereira até tem lá os seus encantos no andar superior.
As vezes quando estamos andando só reparamos no térreo e esquecemos de olhar para cima.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Rua Arthur Suplicy de Lacerda

Rua Arthur Suplicy de Lacerda

Participando de uma caminhada observacional passamos pela Rua Arthur Suplicy de Lacerda, no Seminário.
A rua pareceu-me muito agradável, calma e com muita sombra. No meio tem um riacho (que não descobri o nome) que deságua no Rio Barigui.
Gostei da foto, com o pinheiro no fundo.

domingo, 5 de março de 2017

Comendador Araújo, 730

Casa na Rua Comendador Araújo, 730

Casa na Rua Comendador Araújo, 730

Esta casa fica na Rua Comendador Araújo. A antiga Rua Mato Grosso já abrigou muitas casas belíssimas, algumas delas demolidas e diversas outras preservadas e protegidas como Unidade de Interesse de Preservação.
Nessa, que tinha um terreno com grande profundidade, foi permitida a construção de um hotel nos fundos e casa atualmente é usada como restaurante. Uma solução interessante, que no caso permitiu a preservação do imóvel cuja beleza pode ser usufruída por todos e agregou valor econômico aos proprietários.
Ainda não consegui descobrir quem foi o proprietário original da casa. A medida que vou publicando as fotos, em alguns casos tenho recebido informações e, na medida que o tempo permite, vou complementando-as aqui no blog. Seria interessante conseguir reunir um mínimo de informações sobre todas as UIP.

sábado, 4 de março de 2017

São Francisco, 225

Sobrado na Rua São Francisco, 225

Mais um dos antigos sobrados na Rua São Francisco (antiga Rua do Fogo). Esse também é uma Unidade de Interesse de Preservação e está com o andar superior desocupado.
Tenho notado que vários desses imóveis mais antigos estão ocupados apenas no andar térreo e não sei o motivo. Mas fico curioso em saber, uma vez que aparentemente isso não faz muito sentido.

sexta-feira, 3 de março de 2017

O relógio do prefeito

O relógio do prefeito

Este relógio está no Paço da Liberdade.
A placa que fala sobre ele diz o seguinte:
“Mecanismo à corda e relógio estilo barroco do século XIX. Marca: Extra. Em madeira entalhada com pés frontais e espirais torneadas, este relógio pertenceu ao gabinete do prefeito Sr. Cândido de Abreu que administrou a cidade de Curitiba de 1892-1894 e 1913-1916.”

Deve ter servido a outros prefeitos, já que o prédio foi sede do poder executivo municipal até 1969, quando foi transferido para o Palácio 29 de Março.

Cândido de Abreu tinha bom gosto por relógios, uma vez que foi também o responsável pelo Relógio da Praça Osório. Verdade é que o bom gosto dele não era só por relógios, uma vez que foi responsável por muitas das mais belas construções da cidade, como por exemplo o próprio Paço da Liberdade (que também tem belos relógios na torre), o Palacete Leão Júnior, a Praça Eufrásio Correia e os portões do Passeio Público, entre outras.

quinta-feira, 2 de março de 2017

A casa dos cactos

A casa dos cactos

Esta casa em estilo moderno no Campina do Siqueira é bem bacana, mas o que chamou a atenção minha foi o jardim muito bem cuidado na parte da frente, com a utilização de cactos.

quarta-feira, 1 de março de 2017

Outra bela casa no Centro

Outra bela casa no Centro

Ornamento em ferro em uma bela casa no centro

Esta casa na Rua General Carneiro é bem bonita. Pelo estilo, provavelmente foi construída em meados dos anos 1900.
Grande, com linhas harmoniosas, chama a atenção pela varanda fechada, pela sacada e pelo emprego de pedras na decoração. Repare também no ornamento em ferro, tão comum em casas da época.