sábado, 20 de outubro de 2018

A casa de Dona Fraia Schrappe

A casa de Dona Fraia Schrappe

A casa de Dona Fraia Schrappe - detalhe

A casa de Dona Fraia Schrappe - detalhe

A casa de Dona Fraia Schrappe - vista lateral

Esta casa na Avenida Sete de Setembro, quase esquina com a Rua 24 de Maio, segundo o senhor Rafael Greca de Macedo, pertenceu (ou pertence) a dona Fraia Schrappe.

Sempre que possível, gosto de ligar as casas que fotografo às pessoas e escrever alguma coisa sobre elas. Nesse caso consegui um nome, mas não encontrei informações. O sobrenome é conhecido e ligado à antiga Impressora Paranaense, mas não sei se era da mesma família.

A casa é bem imponente, bonita e tem um bom terreno, mas está sem uso já há alguns anos.

Referência:

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Cavalo de Fergana

Cavalo de Fergana, cerâmica com glasura policromada, China, dinastia Tang (618-907)

Cavalo de Fergana;
China, dinastia Tang (618-907)
cerâmica com glasura policromada

O Vale de Fergana, no extremo oriente do Uzbequistão, foi um dos principais entrepostos da Rota da Seda que conectava Xian, na China, à Ásia Central e ao Ocidente. Os cavalos dessa região eram apreciados por serem potentes e resistentes, de onde vem sua representação na estatutária tumular da dinastia Tang, a que mais os utilizou como montaria.

A peça faz parte da Coleção Fausto Godoy doada ao Museu Oscar Niemeyer - MON

Publicação relacionada:
Ásia: a terra, os homens, os deuses

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Busto do Barão do Serro Azul na Associação Comercial do Paraná

Busto do Barão do Serro Azul na Associação Comercial do Paraná
Herma com busto do Barão do Serro Azul na Associação Comercial do Paraná
Placa afixada na herma com busto do Barão do Serro Azul na Associação Comercial do Paraná

Esta herma com o busto de Ildenfonso Pereira Correia (1849-1894) – o  Barão do Serro Azul – está localizada na quina do Edifício da Associação Comercial do Paraná na Rua XV de Novembro que foi O Barão do Serro Azul foi o fundador da ACP e seu primeiro presidente.

A herma foi inaugurada em 1994 por ocasião do centenário da morte do Barão do Serro Azul e a placa diz o seguinte:

“COMENDADOR
ILDEFONSO PEREIRA CORREIA
BARÃO DO SERRO AZUL

VICE-PRESIDENTE E PRESIDENTE DA PROVÍNCIA DO
PARANÁ - DEPUTADO PROVINCIAL - PRESIDENTE DA
CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA - ABOLICIONISTA - 
FILANTROPO - PROMOTOR DA EDUCAÇÃO E DA CULTU-
RA - INCENTIVADOR DA IMIGRAÇÃO - LIDER POLÍTICO,
SOCIAL E ECONÔMICO: FUNDOU, AMPLIOU, INOVOU E
DESENVOLVEU EMPRESAS INDUSTRIAIS, COMERCIAIS
E DE SERVIÇOS. PRESIDIU A “JUNTA DO COMÉRCIO”
QUE EVITOU A INVASÃO E O SAQUE DE CURITIBA
DURANTE A REVOLUÇÃO FEDERALISTA, O QUE
NO INJUSTO SACRIFÍCIO DE SUA VIDA.
“FOI ANTES E ACIMA DE TUDO EMPRESÁRIO”

HOMENAGEM DA
ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO PARANÁ
A SEU FUNDADOR E 1º PRESIDENTE
NO 1º CENTENÁRIO DE SUA MORTE
20 DE MAIO DE 1994”



Publicações relacionadas:
Edifício da Associação Comercial do Paraná
Solar do Barão
Solar da Baronesa (com a carta que ela escreveu ao Barão de Ladário narrando o que aconteceu com seu marido)
A casa de Vicente Machado, aquele que fugiu
Edifício Barão do Serro Azul