terça-feira, 17 de novembro de 2015

Casa da Família Lustosa

Casa da Família Lustosa

Casa da Família Lustosa

Na esquina da Rua Barão do Rio Branco (antiga Rua da Liberdade) com a Rua Marechal Deodoro (antes Rua Nova da Carioca e mais tarde Rua do Comércio) está situado este belo casarão de 1881, que já foi residência da família Lustosa.

Conforme um anúncio no “Almanach do Paraná” para 1901 abrigou o “Atelier Photographico” de Octavio Lustoza.

Originalmente ele não tinha o sótão com mansardas. O telhado deve ter sido modificado entre os anos de 1912 e 1930.

“Em 1921 Leo Kessler adquiriu o pavimento superior, onde instalou o Conservatório de Música de Curitiba e o sótão, onde residia. Eles os vendeu em 1931”

“Na Rua Barão do Rio Branco, até 1931, no lado direito do pavimento térreo residia o alfaiate Domingos Alves Brito e, no lado esquerdo, na esquina, existia uma padaria”

As portas largas (antes eram estreitas e em arcos) e a marquise na fachada da Rua Barão do Rio Branco provavelmente foram feitos entre 1931 e 1935.

“Em 1972, os janelões para a Av. Mal. Deodoro foram transformados em portas e vitrines. Ainda restou uma janela do térreo no tamanho original da construção, posteriormente foi transformada numa porta”

Referência:

BAJERSKI, Rafael. Casarão Lustosa Classical. [vídeo]. Produção e direção de Rafael Bajerski. Curitiba, 2016. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=R78xyyX__kY>. Acesso em: 7 jul. 2016.