domingo, 5 de fevereiro de 2017

Uma casa da década de 1920 no Seminário

Uma casa da década de 1920 no Seminário

Uma casa da década de 1920 no Seminário

Uma casa da década de 1920 no Seminário

Uma casa da década de 1920 no Seminário

Fotografei esta casa no Seminário quando participei de uma caminhada observacional na região. Desde então fiquei tentando descobrir alguma coisa sobre ela, uma vez que é uma casa grande, em um terreno também grande e que chama a atenção de quem passa por ela.

Recentemente saiu uma reportagem na “Gazeta do Povo” onde fiquei sabendo que a casa foi construída na década de 1920. Mas mais nada. Continuo curioso sobre a história dela, principalmente por quem foram os seus primeiros habitantes e quem a projetou.

A entrada, na parte central da casa, cujo acesso é feito por uma escada de três degraus que ocupa  um pouco mais de um terço da fachada, dá em “alpendre embutido”, cuja abertura é formada por dois arcos apoiados sobre colunas espiraladas. As janelas em pares, são separadas por enfeites em forma de colunas no mesmo estilo das colunas da entrada. As janelas são retas, mas são enfeitadas na parte superior com telhadinhos em arco. A platibanda ocupando apenas a parte central da casa, é bem elaborada, com três urnas.

Atualmente a casa é ocupada por uma empresa especializada em revestimentos, materiais de demolição (madeiras, tijolos, pedras) e móveis sob medida feitos de madeira de demolição.

Referência:

Mostra Guaraúna vai revitalizar casarão de 90 anos. Gazeta do Povo, Curitiba, 1 fev. 2017. Haus. Disponível em: <http://www.gazetadopovo.com.br/haus/mercado-em-alta/mostra-guarauna-vai-revitalizar-casarao-de-90-anos/>. Acesso em: 4 fev. 2017.