domingo, 31 de dezembro de 2017

Busto de Lysimaco Ferreira da Costa na Santos Andrade

Busto de Lysimaco Ferreira da Costa na Santos Andrade
Busto de Lysimaco Ferreira da Costa na Santos Andrade

Esta herma com busto em bronze de Lysimaco Ferreira da Costa está localizada na Praça Santos Andrade.
Na placa fixada no pedestal está escrito:

“HOMENAGEM
DA CIDADE DE CURITIBA AO MESTRE
LYSIMACO FERREIRA DA COSTA
NO CENTENÁRIO DO SEU NASCIMENTO
1º DE DEZEMBRO DE 1983”

Para ler um pouco sobre o Dr. Lysimaco, veja a publicação anterior “Uma placa em homenagem a Lysimaco Ferreira da Costa

sábado, 30 de dezembro de 2017

Mitra da Arquidiocese de Curitiba

Mitra da Arquidiocese de Curitiba

Mitra da Arquidiocese de Curitiba

Mitra da Arquidiocese de Curitiba - detalhe

Em estilo eclético o prédio da Mitra da Arquidiocese de Curitiba foi construído em um terreno doado pelo primeiro arcebispo da Arquidiocese de Curitiba, Dom João Francisco Braga; terreno que havia recebido como herança de família. A construção foi concluída em 1931, e era chamado de “Palácio Arquiepiscopal”.
Simétrico, com um alpendre com a porta de entrada no centro. Repare nas janelas diferentes, em arco no segundo andar e retangulares com sobreverga triangular no primeiro. Pilastras com capitel com volutas (ornamento em forma espiralada). Platibanda com balaústres e um frontão central decorado com um escudo. Enfim, são diversos detalhes que demonstram o capricho do projeto.

O prédio, localizado na Avenida Jaime Reis, é uma Unidade de Interesse de Preservação.

Um pouco da história da Arquidiocese de Curitiba


A Diocese de Curitiba, subordinada a Sé Metropolitana do Rio de Janeiro, foi criada pelo Papa Leão XIII em 27 de abril de 1892.
O primeiro bispo, Dom José Camargo de Barros, foi nomeado em 1894, cargo que ocupou até abril de 1904. O segundo bispo, Dom Duarte Leopoldo e Silva, assumiu em outubro de 1904.
Em fevereiro de 1908 assumiu o cargo Dom João Francisco Braga. Durante o seu mandato a Diocese foi elevada à Província Eclesiástica do Paraná, passando a ser uma Arquidiocese. Foi Dom João, primeiro arcebispo de Curitiba, quem construiu o Palácio Episcopal.
Em função da sua saúde, Dom João Francisco Braga renunciou ao cargo de arcebispo em julho de 1935, sendo nomeado o substituto, Dom Áttico Eusébio da Rocha, que assumiu em 16 de dezembro de 1935. Dom Áttico faleceu em 11 de abril de 1950.
Em agosto de 1950, assumiu cargo Dom Manuel da Silveira D’Elboux, ficando nele até 1970, quando faleceu.
Em dezembro de 1970 foi nomeado arcebispo, Dom Pedro Antônio Marchetti Fedalto. Dom Fedalto permaneceu no cargo até 19 de maio de 2004.
Em 18 de junho de 2004 assumiu Dom Moacyr José Vitti, que permaneceu até o dia 26 de junho de 2014, quando faleceu, vítima de um ataque cardíaco.
Durante a vacância o cargo de administrador arquidiocesano foi ocupado por Dom Rafael Biernaski, onde permaneceu até 7 de janeiro de 2015, quando o sexto arcebispo da Arquidiocese de Curitiba foi nomeado, Dom José Antônio Peruzzo.

Referência:

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Jardinete Abib Calixto

Jardinete Abib Calixto
Jardinete Abib Calixto
Jardinete Abib Calixto
Placa no Jardinete Abib Calixto

O Jardinete Abib Calixto fica entre a Av. Manuel Ribas a a Rua Alcidez Munhoz.
Acho que no passado foi parte da Rua Raquel Prado, mas não estou certo disso, pois na minha memória ele está ali desde sempre.
Algumas pessoas referem-se ao local como “escadaria das Mercês”

Na placa no local (depredada, infelizmente) está escrito o seguinte:

“ JARDINETE
ABIB CALISTO
Esta área verde homenageia a memória do médico
paranaense, escritos memoralista e compositor bissexto
que, na clínica particular ou como diretor do
Hospital Evangélico de Curitiba, soube dar prioridade
ao mais carentes.
(Pinhalão, 1928 - Curitiba, 1991)
Prefeito
Carlos Alberto Richa”

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Casa de Acolhida São José

Casa de Acolhida São José

Casa de Acolhida São José

Casa de Acolhida São José

Localizada na Rua Paula Gomes, esquina com a Rua Parnaíba, a Casa de Acolhida São José é uma instituição que oferece abrigo a população de rua. A casa é mantida pelas irmãs da Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, Servas dos Pobres, Província de Curitiba. As irmãs também são conhecidas como Irmãs Vicentinas.

Sou grande admirador do trabalho social feitos por irmãs, das mais diversas ordens, ao longo da história da cidade.

Publicações relacionadas:
Largo Irmã Stanislawa Perz
Provincialato das Irmãs de São José de Chambérey
Congregação das Irmãs Franciscanas da Sagrada Família de Maria
Madre Maria dos Anjos
Santa Casa
Asilo São Vicente de Paulo

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Uma das UIP na Manoel Ribas

Casa na Av. Manoel Ribas, 702, que é Unidade de Interesse de Preservação

Casa na Av. Manoel Ribas, 702, que é Unidade de Interesse de Preservação

Esta casa na Avenida Manoel Ribas, atualmente ocupada por um restaurante, é um Unidade de Interesse de Preservação.
Tem uns detalhes decorativos bem interessante, tanto na platibanda como na fachada. Imagino que ela tenha sido construída no início dos anos 1900, mas, como outras que já apareceram por aqui, não sei nada sobre a história dela.

domingo, 24 de dezembro de 2017

Mercearia Zequinão - ficou bonita

Mercearia Zequinão - ficou bonita
Mercearia Zequinão - ficou bonita - detalhe
Mercearia Zequinão - ficou bonita
Mercearia Zequinão - pessoal trabalhando na recuperação da fachada
Pessoal em um sábado desses trabalhando na recuperação da Mercearia Zequinão.
Mercearia Zequinão - interior
Interior da Mercearia Zequinão
Mercearia Zequinão - interior
Interior da Mercearia Zequinão
Sr. Gabriel Alceu Zequinão
Sr. Gabriel Alceu Zequinão, 82 anos, proprietário da Mercearia Zequinão

A Mercearia Zequinão, de propriedade do Sr. Gabriel Alceu Zequinão (mais conhecido como seu Alceu) está no Jardim Social desde 1949. Uma época em que passava mais carroças que carros pela Rua Fagundes Varela (será que ela já tinha esse nome naquela época?).
Por iniciativa da página no Facebook “Amigos do Bairro Jardim Social” a fachada do estabelecimento  foi recuperada. Através de doações e trabalho voluntário o grupo em pouco tempo conseguiu levantar o material necessário e executar o trabalho, que foi inaugurado - por assim dizer - neste sábado (23).
Um belo presente para o seu Alceu (que tem 82 anos de idade) e que deve deixar todos que colaboraram e participaram orgulhos.

Publicação relacionada:
Mercearia Zequinão

sábado, 23 de dezembro de 2017

O chafariz na Praça Santos Andrade

O chafariz na Praça Santos Andrade

O chafariz na Praça Santos Andrade

Gosto do chafariz na Praça Santos Andrade. Não é tão bonito como o chafariz na Praça Eufrásio Correia, mas é bonito também. De um modo geral gosto de chafarizes.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva - detalhe dos briseis-soleis

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva - detalhe

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva

Palácio das Telecomunicações Presidente Costa e Silva

O edifício Palácio da Telecomunicações Presidente Costa e Silva foi inaugurado em 3 de outubro de 1970. Foi projetado pelo arquiteto Lubomir Antonio Ficinski Dunin (1930-2017).
Alem de grande (92 m de altura), o prédio foi construído em uma das regiões mais altas da cidade e é um dos edifícios mais visíveis da cidade.
Construído pela extinta empresa estatal de telecomunicações Telepar, o prédio ainda hoje é conhecido por muitos como o prédio da Telepar.
Os brises-soleis verticais são destaques nas duas fachadas do edifício. Já foram usados, para transmitir mensagens, seja pela inscrição de palavras, como através de desenhos, o que era feito fechando ou abrindo-os de forma adequada.

O edifício é uma Unidade de Interesse de Preservação

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

A espera

Senhora no ponto de ônibus esperando

Enquanto o ônibus não chega, o jeito é esperar.

O que esse pessoal responsável pelos pontos de ônibus tem contra banco?

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Outra casa na Ermelino de Leão

Casa na Rua Desembargador Ermelino de Leão

A Rua Desembargador Ermelinho de Leão tem diversas casas interessantes, provavelmente construídas por volta do ano 1950.
Grande parte delas hoje têm uso comercial.

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Agendarte

Casa onde está instalada a Agendarte na Av. Manoel Ribas

A Agendarte é uma editora, livraria e sebo localizada na Avenida Manoel Ribas, no São Francisco.
A casa onde estão instalados tem um grafite legal.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

domingo, 17 de dezembro de 2017

O edifício do Ministério Público Federal

O edifício do Ministério Público Federal em Curitiba - detalhe
O edifício do Ministério Público Federal em Curitiba
O edifício do Ministério Público Federal em Curitiba - detalhe

Este edifício na Rua Marechal Deodoro foi construído nos fundos do Circulo de Estudos Bandeirantes. Os Irmãos Maristas trocaram os fundos do terreno do Círculo, com frente para a Marechal Deodoro, com uma construtora e em troca receberam uma loja com mezanino no térreo (com 335 m²) e um auditório (com 195 m²). Na loja do térreo a PUC instalou uma farmácia-escola, inaugurada em 24 de novembro de 2003. Em 2005 o Ministério Público Federal adquiriu o prédio. Em agosto de 2007 o Circulo vendeu a loja, que era ocupada pela farmácia-escola, para o Ministério Público.

O edifício foi projetado pela arquiteta Cláudia Guimarães Pinto. Mas o que realmente distingue o edifício é a coluna espiralada em granito elaborada pelo artista plástico de origem argentina, Alfi Vivern.

Referência:

sábado, 16 de dezembro de 2017

Lambrequins na Visconde de Nácar

Lambrequins na Visconde de Nácar

Casa com lambrequins na Visconde de Nácar

Se as casas de madeira estão gradativamente sumindo na região mais central da cidade, os lambrequins estão indo junto. Apesar de que não eram aplicados só em casas de madeira, boa parte deles foi.
Gosto dos lambrequins, que além da função prática (proteger as madeiras dos beirais) são também objetos de decoração, dado um toque especial às casas. É possível encontra-los com um boa variedade de desenhos.
Esta simpática casa de madeira, com seus lambrequins, fica na Rua Visconde de Nácar.

Visconde de Nácar


Manoel Antônio Guimarães, primeiro Barão e depois Visconde de Nácar, nasceu em Paranaguá em 15 de fevereiro de 1813 e faleceu na mesma cidade em 16 de outubro de 1893.

Foi vice-presidente da província do Paraná e assumiu interinamente a presidência por duas vezes, de 15 de janeiro a 13 de junho de 1873 e de 16 de julho a 17 de agosto de 1877.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

O jardim de uma casa

O jardim de uma casa

O jardim de uma casa

Encontrei esse jardim em um casa na Avenida Jaime Reis. Com diversas plantas, todas muito bem cuidadas (as rosas estavam especialmente bonitas) e com diversas estatuetas. De Papai Noel, cachorro, pato, ganso, anjinho e outras. Bem alegre e curioso. Gostei.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Desembargador Ermelino de Leão 511

Casa na Rua Desembargador Ermelino de Leão, com falso enxaimel

Esta casa na Rua Desembargador Ermelino de Leão tem uso comercial atualmente.
Apesar do térreo ter sido modificado, a casa guarda ainda muito da sua imponência original.
Repare no falso enxaimel no segundo andar. Casas com verdadeiro enxaimel (que é uma técnica construtiva) são relativamente raras na cidade atualmente. O mais comum é encontramos essas decorações que lembram o enxaimel.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Brincando no MON

Brincando no MON
Brincando no MON
Brincando no MON

Minha esposa divertindo-se com uma obra de arte no MON - Museu Oscar Niemeyer.
A foto foi tirada em outubro e não sei dizer se continua exposta.
Trata-se da projeção de aves voando.